A Mostra

Criada em 2013, em Belo Horizonte, a Mostra Benjamin de Oliveira foi idealizada pela Cia Burlantins e já revela no nome seu eixo temático: Benjamin de Oliveira, patrono da Burlantins desde a fundação do grupo, nasceu em 1870 e foi o primeiro palhaço negro do Brasil, conhecido como “Rei dos Palhaços”. É considerado o criador do circo-teatro brasileiro, gênero que levava para as ruas paródias de operetas, contos de fadas teatralizados e grandes clássicos da literatura. Nos entreatos, cantava lundus, chulas e modinhas em companhia de seu violão.

A Mostra, portanto, tem o objetivo de valorizar a cultura afro-brasileira e os artistas negrxs por meio do protagonismo dos corpos negros em cena, entendo que esses corpos cênicos e políticos mobilizam sentidos, memórias, afetos, ancestralidades, lutas e resistências. Dessa forma, por meio de edital aberto nacionalmente, a Mostra Benjamin de Oliveira, por meio de uma curadoria especializada, seleciona trabalhos nas áreas de circo, dança, teatro e performance que tenham um elenco formado predominantemente por atores e atrizes negrxs. Além das perfomances, cenas e espetáculos, a Mostra conta com atividades formativas e lançamentos de discos e livros.

Madame Satã

Madame Satã

Zumbi

Zumbi

Galanga, Chico Rei

Galanga, Chico Rei

Masemba

Masemba

Carolina, o luxo do lixo

Carolina, o luxo do lixo

KÀDÁRÀ

KÀDÁRÀ